Xiaomi lança Scooter Eléctrica

Era uma questão de tempo até que Xiaomi, fabricante de smartphones, televisores e algumas sensações de mobilidade urbana, anunciasse o lançamento de uma mota.

Através de uma aliança com a empresa Soco, desenvolveu uma scooter com funções inteligentes, câmara frontal, 120 km de autonomia e com um preço abaixo dos 1000 euros.

A moto tem uma bateria portátil de 10 kg que demora sete horas a carregar para uma autonomia de 120 km. A sua vida útil é de 600 ciclos de carga.

O desenho da moto recorda o estilo das recém apresentadas NIU. A nível de equipamento, conta com travões e disco nas duas rodas e com um sistema elétrico de travagem EBS que reduz a distância de travagem. Permite carga regenerativa.

 

 

Traz faróis full LED e tem aspeto futurista, com painel digital, velocímetro, indicador de bateria, modos de luz inteligente, que se adaptam às condições ambientais, cruise control e um indicador de avarias.

O que mais surpreende é a câmara frontal com uma angular de 138 graus. Tem resolução Full HD e um sensor de forças G que, em caso de acidente, ativa um modo de segurança que grava o que aconteceu.

A Scooter incluí ainda um módulo WiFi que permite a transferência de fotos ou vídeos para o seu telemóvel ou tablet através de uma aplicação concebida para esse efeito.

Design e Robostez

A Scooter Super Soco CU utiliza um design dinâmico mas apelativo que não sacrifica a simplicidade, algo que podemos ver pelas luzes dianteiras e a interface do utilizador.

A mota vai chegar em três versões, uma com 80KM de autonomia, uma mais confortável com autonomia para 100KM e a topo de gama que deverá atingir os 120KM de autonomia com uma só carga, claro que todos estes modelos incluem recuperação automática de energia.

 

Preço e Disponibilidade

A versão standard com 80KM de autonomia irá custar cerca de 774$, a versão ‘confortável’ com 100KM de autonomia irá custar cerca de 949$ e a versão ‘cool’ com 120KM de autonomia irá custar cerca de 1155$.

Disponibilidade ainda é desconhecida, mas dificilmente iremos conseguir meter a mão num bicho destes cá em Portugal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top
X